Menu fechado

Notícias

Representantes do IBGC e da empresa APSA falam sobre boas práticas de governança corporativa na ACRJ

O Conselho Empresarial de Governança, Compliance e Diversidade da ACRJ promoveu um debate, dia 1º de dezembro, sobre as boas práticas de Governança Corporativa. Para abordar o tema, o presidente do Conselho, Humberto Mota Filho, convidou os representantes do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), Patrícia Garcia e João Laudo de Camargo. Eles falaram sobre a atualização do Código de Melhores Práticas de Governança Corporativa, que está em sua 6ª edição.

Para lançar esta edição, a equipe do IBGC realizou pesquisas em 15 códigos de governança de outras entidades e organizações do Brasil e do exterior. Além de serem incluídos novos conteúdos, esta versão do Código também excluiu algumas recomendações contidas na 5ª edição, que foram consideradas pelo grupo revisor como pouco inclusivas. A 6ª edição está disponível aqui

Frances Vivian Corrêa e Leonardo Schneider, netos do fundador da Apsa Administração de Condomínios e membros da 3ª geração da família, participaram da segunda parte do debate. Eles falaram sobre o processo de profissionalização da empresa, que hoje está na quarta geração, criada por seu avô, Carlos Henrique Schneider. A Apsa é especializada em gestão de condomínios, venda e locação de imóveis e faz parte do Grupo Neider, que engloba outras empresas da família.

Frances Corrêa, que é conselheira de Administração no Grupo Apsa, coordenadora do Projeto de Governança do Grupo e membro do Conselho de Família, contou um pouco da história de empreendedorismo de seu avô, que veio da Alemanha para tentar a vida no Brasil. Leonardo Schneider mostrou como foi o processo de profissionalização dos negócios, os conflitos familiares gerados por esta administração conjunta e a importância do papel de consultores externos na governança corporativa da empresa. “Essas consultorias profissionais foram fundamentais para minimizar os conflitos familiares, que não foram poucos, mas foram superados”, disse. Hoje ele é o presidente do Conselho de Sócios do Grupo Neider.