Menu fechado

Notícias

ACRJ inaugura programa de exposições em sua sede

A ACRJ, através do Conselho Empresarial de Cultura, dá início nesta 5a feira (19/10) ao programa de exposições em seu hall de entrada, na Rua Candelária, 9, no Centro do Rio. A partir das 16 horas será aberta a exposição “Ars longa, vita brevis” – arte como vetor de desenvolvimento sustentável, do artista Alexandre Pinhel. Cerca de 30 peças de seu acervo poderão ser vistas pelo público até dia 3 de novembro.

A iniciativa faz parte do projeto de abrir as portas da ACRJ para a arte e cultura dando espaço, principalmente, para novos talentos. A visitação é gratuita, de 2a a 6a feira, das 10h às 17h.

Sobre o artista

Alexandre Pinhel é um engenheiro e artista plástico neo-expressionista brasileiro. Ele procura criar estética a partir de materiais descartados e resíduos sólidos que são transformados a partir do uso de ar quente ou fogo e, em seguida, unidos por métodos químicos, mecânicos ou térmicos. Embalagens, garrafas e sacolas plásticas, pedaços de vidro quebrado, espelhos de cerâmica, móveis, madeiras, folhas, pedras, peças de metal em geral são exemplos do tipo de material utilizado. As peças em exposição na ACRJ seguem esta tendência de reaproveitamento.

Serviço

Exposição Ars longa, vita brevis

Local: Rua Candelária, 9 – Centro do Rio – hall de entrada

Horário: 2a a 6a feira, das 10h às 17h

Período: 19/10 a 3/11

Informações: 2514-1280