Menu fechado

Notícias

Marketing de Comunidade é o novo conceito do momento

“Já se falou de marketing de conteúdo e de relacionamento. Hoje está vindo um novo conceito que é o marketing de comunidade”. A afirmação é da jornalista Monique Fernandes, que fez uma apresentação sobre “Comunicação como estratégia corporativa” durante a reunião virtual do Conselho Empresarial de Inovação, Comunicação e Tecnologia da ACRJ, realizada nessa terça, dia 3 de novembro.

O marketing de comunidade é uma estratégia que visa criar a presença da marca, incluindo sua visão e seus valores, a partir da aproximação entre as empresas e os consumidores, tornando-os vozes ativas dentro dos canais de comunicação. Monique citou os exemplos da Magazine Luiza e das Casas Bahia para ilustrar bem como funciona esse conceito.

As duas redes varejistas criaram seus personagens para conversar com o público. No caso da Magazine Luiza, a Lu, idealizada em 2003 e que é a primeira influencer digital da empresa, levou a rede de varejo a ter mais de um milhão de seguidores no Youtube e aparece em 3D e dança no Tik Tok . Já a Casas Bahia reeditou o avatar Baianinho, que nasceu em 1960. O mascote cresceu, virou adolescente e passou a responder como porta-voz da empresa, atuando fortemente nas redes sociais.  

“Quando você humaniza essa comunicação, você está estreitando o relacionamento. Hoje as pessoas estão comprando mais pelo relacionamento do que pelo preço”, ressaltou a jornalista. Segundo ela, as redes têm uma estratégia de atendimento ao cliente muito boa, alinhada com a comunicação.

Monique Fernandes reforçou a necessidade de trabalhar a imagem de uma marca nos canais certos para se tornar referência no setor em que atua. Os canais podem ser blogs, webinars, eventos, cursos e redes sociais, entre outros. Ela enfatizou que não é preciso estar em todos os canais e que a presença vai depender do público que se quer atingir.

A jornalista informou, por exemplo, que o Twitter “não morreu” e que é nessa rede que começam todos os memes famosos. “O Instagram matou o Snapchat e virou uma rede de massa. E o Tik Tok vem crescendo rapidamente”, disse. Sobre os blogs, que muita gente comenta estarem no fim da vida, Monique declara que não existe isso. “Blog é a casa própria. Rede social é casa alugada”, alerta a palestrante, reforçando que muitas redes sociais podem acabar ou o próprio usuário perder o interesse com o tempo, migrando para outra.

O presidente do Conselho, Alberto Blois, concorda com Monique e ressalta que é preciso ter muito cuidado com o que você está falando e para quem. “Se você não sabe para quem está falando o cuidado tem que ser infinitamente maior”, reforçou.